quarta-feira, fevereiro 07, 2007

Um pouco sobre o início da Física Quântica

(...) A idéia inicial de Planck é que a energia não pode ser emitida de forma contínua, mas somente em pequenos pacotes, que então foram chamados de quantum no singular e quanta no plural (é isso mesmo, eu posso ter um quantum, dois quanta, três quanta...)
É parecido com a teoria atômica da matéria conforme proposta inicialmente pelos gregos - os gregos antigos imaginavam até onde poderiam dividir um pedaço qualquer de matéria... raciocianaram que chegariam a um ponto indivisivel, um pedacinho de matéria incapaz de ser dividido mais uma vez, e chamaram esse partícula de átomo. Planck raciocinou de forma semelhante para a energia.

Einstein utilizou essa idéia (o quantum de Planck) para explicar com sucesso o efeito fotoelétrico, que já era conhecido na sua época, mas cuja explicação correta ele foi o primeiro a encontrar. Mas até então a luz era considerada uma onda eletromagnética tal como previsto na teoria eletromagnética de Maxwell. Como um quantum não é e não se parece com uma onda, ao invés disso se parece mais com uma partícula, ficou estabelecido que a luz tem um duplo comportamento: onda (eletromagnética) e partícula (quantum).
Um quantum de luz recebe o nome de fóton.

Esse comportamento duplo da luz pode parecer estranho, mas não é tanto assim. Uma comparação: é como uma moeda que lançada à sorte ou mostra cara ou mostra coroa, nunca as duas ao mesmo tempo.

Em resumo:
Um quantum é a menor quantidade de energia que pode existir, sendo impossível dividi-la em partes menores.
Um fóton é um quantum também, um quantum de luz, afinal luz é energia.
Um fóton ou um quantum tem um comportamento parecido com o de uma partícula material, mas não tem massa (nem peso), nem ocupa volume... é uma partícula só e energia mesmo.

Vou listar alguns sites para quem quiser saber mais a respeito:

http://www.educacional.com.br/especiais/fisica/ (para quem tem login e senha)

http://www.if.ufrgs.br/tex/fis142/dualidade/dualidade.html

http://www.aventuradasparticulas.ift.unesp.br/

http://www.comciencia.br/reportagens/fisica/fisica02.htm

5 comentários:

Anônimo disse...

parabens pela competência de fazer um trabalho tão bom

Lucas disse...

Muito bom, pela mecanica quântica aprendemos tudo sobre nosso universso, (se poderemos um dia chamar de nosso).

Res Cogitans disse...

Olá tenho uma teoria amadora a respeito, li em algum lugar que fotons tem massa sim, mas nao massa de repouso, ou seja eles nunca estão em repouso, o que torna meio que impraticavel mensurar absolutamente sua massa.
Minha interpretaçao do fato: Um foton sendo uma particula de energia eletromagnética, é na realidade uma particula como outra qualquer, sendo que, em nosso universo predominantemente equilibrado eletromagneticamente, os fotons ao se propagarem simplesmente se diluem no mar de de particulas equilibradas nos espaços ocupáveis, assim, o que apareceriam sao as propriedades ondulatórias desta perturbaçao no equilibrio do espaço...como uma onda mecanica, que nao transporta materia, apenas movimento, ou energia de um ponto a outro, mas assim que encontra um obstáculo sua energia é doada, tal qual um objeto arremessado em uma parece, sendo que só pode ser percebido no fisicamente, digo, mensuravelmente, no fim de sua jornada. Assim um foton é percebido quando chego a nossos olhos, quando é aborvido e transformado em outros tipos de energia. Quando tenta-se mensurar sua onda, ele imediatamente deixa de ser uma perturbaçao e tem sua caracteristica particular revelada.

Res Cogitans disse...

Olá tenho uma teoria amadora a respeito, li em algum lugar que fotons tem massa sim, mas nao massa de repouso, ou seja eles nunca estão em repouso, o que torna meio que impraticavel mensurar absolutamente sua massa.
Minha interpretaçao do fato: Um foton sendo uma particula de energia eletromagnética, é na realidade uma particula como outra qualquer, sendo que, em nosso universo predominantemente equilibrado eletromagneticamente, os fotons ao se propagarem simplesmente se diluem no mar de de particulas equilibradas nos espaços ocupáveis, assim, o que apareceriam sao as propriedades ondulatórias desta perturbaçao no equilibrio do espaço...como uma onda mecanica, que nao transporta materia, apenas movimento, ou energia de um ponto a outro, mas assim que encontra um obstáculo sua energia é doada, tal qual um objeto arremessado em uma parece, sendo que só pode ser percebido no fisicamente, digo, mensuravelmente, no fim de sua jornada. Assim um foton é percebido quando chego a nossos olhos, quando é aborvido e transformado em outros tipos de energia. Quando tenta-se mensurar sua onda, ele imediatamente deixa de ser uma perturbaçao e tem sua caracteristica particular revelada.

vinicius disse...

nossa muitoo bom, mas ainda não intendi muito bem. queria saber como eles se aplicam no cosmo coisa e tal.
mais aprendi pelo menos o que são fotons